Mensagem Junho de 2019 do Presidente de Rotary International

Barry Rassin

Presidente, 2018-19

Quando olho para trás e penso em tudo o que vivi e nas pessoas que conheci desde que me tornei presidente do Rotary International em Julho passado, tenho mais certeza ainda de que a capacidade do Rotary de transformar vidas é inigualável. Nosso impacto vai muito além do que eu poderia imaginar quando entrei no Rotary.

Penso nos Rotários que conheci no Paquistão, que fizeram parceria com a Coca-Cola para melhorar o saneamento nos bairros de Karachi e apoiar actividade de erradicação da Polio. Penso nos Rotários porto-riquenhos que estão ajudando comunidades a reconstruir as suas vidas após o furacão Maria. Penso nos Rotários alemães que estão trabalhando para salvar abelhas da extinção, insectos de importância vital para o nosso planeta. Penso nos seis Rotários e Rotaractistas que foram homenageados em Novembro passado como Pessoas em Acção: Jovens Inovadores, no Dia do Rotary nas Nações Unidas, em Nairobi, no Quénia.

Parece que ainda ontem eu estava no palco da Assembleia em San Diego e pedi que vocês fossem a inspiração nos seus clubes, nas suas comunidades e no mundo. Sua resposta foi uma verdadeira inspiração para mim. Vocês estão abrindo caminho para que os Rotaractistas se tornem nossos futuros líderes, ajudando a fundar novos Rotaract Clubs e trabalhando para incluir Rotaractistas em eventos e projectos rotários. Vocês estão trabalhando duro para erradicar a Polio, participando de quase 4.200 eventos em mais de 100 países no Dia Mundial de Combate à Polio. E vocês estão realizando projectos transformadores que criarão mudanças duradouras local e internacionalmente.

Este ano, também vi como o trabalho do Rotary na construção da paz está dando frutos. Os 98 bolsistas actuais dos nossos Centros Rotary pela Paz logo se formarão, juntando-se aos vários ex-bolsistas destes Centros que já estão colaborando para um mundo em paz, aplicando suas habilidades na resolução de conflitos a problemas. Este mês, Esther e eu viajaremos a Hamburgo, na Alemanha, para a nossa Convenção, que reunirá gente de todas as raças, nacionalidades, religiões e vertentes políticas no objectivo comum de fazer deste um mundo melhor.

Ver o que o Rotary significa para as pessoas, para quem servirmos e para os próprios Rotários aprofundou meu afecto e admiração por tudo o que o Rotary é e faz.

Em breve será a hora de Esther e eu voltarmos para Nassau. Quando chegarmos lá, olharei para o vasto mar que cerca nossa ilha, e isso me lembrará das possibilidades ilimitadas do Rotary, e do futuro maravilhoso que nos espera além do horizonte. Estou ansioso para velejar com vocês.