Mensagem Março de 2019 do Presidente de Rotary International

Barry Rassin

Presidente, 2018-19

Uma das coisas que mais gosto como presidente do Rotary International são as pessoas que acabo conhecendo. Grande parte do meu tempo é dedicada a viajar e visitar Rotary Clubs em todo o mundo. Receber as boas-vindas de rotários é algo muito especial. Mas devo confessar que nada é tão acolhedor como ser recebido por rotaractistas, jovens altamente comprometidos com os ideais do Rotary.

Ler mais

Numa viagem recente ao Gana, visitei um distrito que tem cerca de 60 Rotaract Clubs. Porém, eles acham que este número é baixo. Assim, decidiram dobrar o número de clubes. Certamente eles vão ter sucesso nisso.

Os rotaractistas estão vacinando crianças contra a Polio. Estão doando sangue quando o stock fica baixo. Estão instalando pias em escolas. Em resumo, eles se dedicam integralmente a um serviço transformador: implementar projecto que fazem uma diferença real na vida das pessoas.

Em Nakivale, Uganda, um Rotaract Club está fazendo a diferença em sua comunidade – um assentamento de refugiados. Esses jovens líderes estão transformando aquilo que outros podem ver como desvantagens em oportunidades para servir, desenvolvendo a comunidade e abrindo novas possibilidades para aqueles que mais necessitam.

Na Turquia, os rotaractistas estão visitando crianças em hospitais todas as quartas-feiras para animá-las. Também estão actuando como mentores de novos alunos em sua universidade e ensinando técnicas de liderança.

Rotaractistas estão preparando o caminho para que o Rotary seja mais relevante neste novo século. E a Semana Mundial do Rotaract, de 11 a 17 de Março, é a oportunidade perfeita para conhecer e trabalhar com os rotaractistas da sua área. Se o seu Rotary Club ainda não patrocina um Rotaract Club, saiba que não é preciso estar perto de uma faculdade ou universidade. Rotaract Clubs com sede na comunidade são uma excelente opção.

Quando passam da idade para estar no Rotaract, não queremos que os rotaractistas abandonem a família rotária. Peço a todos os rotários que os ajudem a fazer a transição para um Rotary Club ou que abram um novo Rotary Club. Não tenho problema em termos mais clubes se o objectivo for proporcionar a todos um lugar no qual se sintam em casa. O ato de servir deve ser divertido, inspirador e agradar a todos os envolvidos.

Se há uma coisa na qual o Rotary sempre se destacou, é a diversidade. No passado, sempre abrigamos a diversidade de profissões, nacionalidades e perspectivas. Fizemos grandes avanços no que se refere à diversidade de idade e de género e, ao acolhermos mais rotaractistas na nossa organização, nos tornamos mais fortes.

O Rotary é poderoso. Junto com o Rotaract, ele se torna invencível no combate a tantas mazelas deste mundo. Trabalhando lado a lado, temos o potencial para Ser a Inspiração em todas as camadas sociais.